sábado, 23 de março de 2013

Idade cronológica x idade cognitiva

Durante muito tempo tu ficava insistindo em estimular a Laura pra que ela pudesse alcançar a então idade cognitiva de acordo com a idade cronológica. Depois de desencanar que ela jamais poderia ter um desenvolvimento "comum", resolvi deixar que o tempo se encarregasse dos ganhos.

Usamos a brincadeira como forma de contribuir pro desenvolvimento dela, montei um quartinho com diversos brinquedos lúdicos e alguns utilizados nas fisioterapias dos lugares que já levei a Laurinha. Temos uma escadinha e um jumping pra ajudar na parte motora e uma cadeirinha de balanço pra trabalhar o equilíbrio.

Laurinha já brinca com massinha de modelar, feijão, arroz e o mais delicioso do momento, a farinha!! Ela adora abrir e fechar armários, tirar tudo de dentro das gavetas, fechar as portas, subir e descer da cama, segura o controle na intenção de ver a televisão, curte o barulho das panelas no chão e adoooora quando a geladeira tá aberta, ela observa e quer demais mexer em tudo o que tem lá dentro.

Acho que é uma fase de descobertas, é gostoso. Hoje tenho uma mocinha de 4 anos em casa, que está muito longe de falar palavrinhas, contas historinhas, falar os numerais e desenhar as letrinhas. Mas tenho uma garotinha de aproximadamente 1 ano e meio, com aquele ar sapeca de mexer tudo o que tem pela frente e olhar com a carinha mais doce do mundo.

Não sei ao certo em qual período cognitivo a Laurinha se encaixa atualmente, acredito que ainda não concluiu o sensório motor, mas nesses 4 anos os avanços foram extremamente significativos, mesmo deixando a rotina intensa de fisioterapias um pouco de lado.

Pra quem quiser entender um pouquinho sobre a teoria cognitiva, tem um artigo muito simples no wikipédia.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_cognitiva#Sens.C3.B3rio-motor

terça-feira, 19 de março de 2013

Visual novo

E hoje foi dia de cortar os cabelinhos pela primeira vez!
Minha gatinha ficava angustiada com aquela cabeleira toda caindo pelo rosto e não conseguia tirar. Eu até que podia ter deixado mais tempo e tentar ensiná-la a se aliviar dos cabelinhos nos olhos, mas achei que já era hora de aparar as pontas que já estavam ficando ressecadas!
Ela ficou muito mais leve :) e lindinha

segunda-feira, 18 de março de 2013

Uma nova primavera está chegando...

Laurinha já está prestes a completar seus 4 anos de vida... Em poucas semanas a minha menininha me fará perceber o quanto veloz vem sendo o tempo.
Em quase 4 anos pudemos acompanhar o desenvolvimento e o aprendizado dela, muitas aventuras e muitas peripécias já, graças a Deus.

Esperta, atrevida, curiosa, atenta, são os novos sinónimos de Ana Laura. Apesar da não comunicação verbal, temos nos entendido muito de modo gestual e com o olhar. Ela já sabe se impor e demonstrar o que incomoda e o que deseja. Pega na minha mão e vai me mostrar o que tá "errado" em "desagrado" à sua vontade. As vezes é bem verdade que demoro a perceber, mas no final a gente consegue :)

Entre idas e vindas, nesses últimos meses pudemos vencer a rotina quase mensal de infecções urinárias, a Laurinha começou a tomar mais líquido e acho que isso pode ter ajudado positivamente.
Foi um ano sem muitas doenças, quase 100%.... Mas como era de se esperar, as vesperas de completar seus 4 anos ela ficou gripadinha. Acho que é a pressão da nova idade kkkkkk.

O melhor de tudo é que a cada dia ela está mais linda e aflora mais o meu coração, me enche de orgulho e me faz imensamente feliz!!!!