segunda-feira, 30 de maio de 2011

Final de semana doente

Laurinha passou o final de semana de cama, pelo que parece a infecção urinária voltou e ela passou os últimos dias sem querer comer nada, ela já não come direito... aff!
O susto veio quando a febre apareceu, indicando que havia alguma coisa errada... chegou até 37,8ºC, mas já nos deixou de alerta. Afinal ela teve convulsão com menos...
Graças a Deus já está melhorando, ela tá tomando antibiótico, mas já deu uma espertada e voltou a brincar. A comida é que ainda tá devagar pra aceitar melhor.
Espero que a semana seja melhor!!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Na caixa

Engraçado como criança faz o mais simples objeto virar uma brincadeira divertida.
Acho que todo mundo já teve a fase de entrar numa caixa e fazer dela um carrinho ou um aviãozinho, ou simplesmente um esconderijo especial.

Eu ficava imaginando que a Ana Laura talvez não fizesse essas coisas, pelo menos não por agora que ela ainda "não entende" muito bem... acho que eu é que ando subestimando minha filha viu!!
Ela entrou sim numa caixa e achou super divertido, claro que ela não conseguiu mover e fazer seu carrinho ou aviãozinho, mas ficou lá brincando com os amigos de pelúcia e foi gostoso.


terça-feira, 24 de maio de 2011

Meio assim, sei lá!!

Sabe a sensação de olhar pro seu filho e sentir a necessidade de fazer mais e não poder???? Esses dias tenho me sentido assim....

Ontem fomos a fono e já estamos observando progressos em relação a mastigação, abertura de boca, mordedura, lateralização de lingua, expressão facial... coisas que eu realmente não sabia que eram tão importantes e tão fáceis de estimular. Uma criança com paralisia cerebral precisa sim de fono e hoje eu to vendo o quanto tempo perdemos. Mas enfim, agora estamos correndo atrás do prejuizo, e já tem dado super certo.

Fiquei com a sensação de que iria sair da terapia com a Laurinha me chamando de mãe.... sei lá, olhando todos os exercícios que ela tava fazendo e ao mesmo tempo observando em casa ela me olhando, tenho a impressão de que qualquer dia vou ouvir um "mã" nem que seja assim meio involuntário hehehe...

Não sei, meu coração tá meio abalado hj...
Vontade de poder fazer mais por ela e não poder...

Bj

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Machucado

Ontem Laurinha bateu a boquinha e fez um dodói bem feio... tá com o beiço machucadinho e saiu bastante sangue.
Susto!!!
A cara do pai quando viu o tantão de sangue saindo foi desesperadora!! Resultado, dormiu um sono gostoso agarrada na mamãe.

Ela tá ficando muuuuuuuuuuuuuuito danada. Não pode deixar mais nada perto que ela arruma um jeito de explorar.
Outro dia tirou a chiquinha do cabelo e enfiou na boca, resultado... engasgou!! Ai ai ai

A gente fica desesperado com essas novas aquisições, mas ao mesmo tempo explodindo de felicidade por vê-la tão espertinha e ativa.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Consulta com o neuro

Algumas semanas atrás fiz o exame para verificar a dosagem do antiepiléptico da Ana Laura e pra nossa surpresa o medicamento tava intoxicando no organismo. Super dosagem!!
Levei ao neurologista e ele mandou diminuir a dose, retirando 1ml.


Ontem fomos à consulta de retorno, com o resultado da nova dosagem da medicação que veio excelente. Agora ela está “coberta” pelo remédio novamente e sem fazer mal algum pro organismo.
Alguns resultados ainda vieram alterados, mas por conta da super dosagem que estávamos dando sem saber.
Sempre fico com o pé atrás com esse negocio de controle de medicação.

Eu não sabia como isso funcionava. Quando ela começou a tomar o Fenobarbital ainda com 1 ano e pouquinho, não me falaram que deveríamos fazer o controle do remédio e lá fui eu, dando a mesma quantidade meses a fio. Ela tava numa fase que ganhava peso muito rápido e conseqüentemente a medicação não estava mais fazendo efeito. E só viemos saber disso no dia em que ela teve uma crise convulsiva horrível, precisando de internação em UTI e tudo, com direito a duas paradas respiratórias. Medo até de lembrar desses dias...


Infelizmente a gente só aprende errando e agora que ela mudou a medicação e com a orientação da neurologista que atendeu na UTI, faço o controle a cada dois meses. Sempre controlando também se o peso tem aumentado e se pode interferir na dosagem. Claro que não controlo a dieta para ela não engordar, não é assim... mas controlo pra que se ganhar peso, façamos um exame antes mesmo do combinado, só pra ter certeza de que ta tudo bem.

Melhor pecar por excesso do que deixar passar né?!
O importante é que agora ela já ta há 9 meses sem crises... isso pra mim é uma vitória!
 
Bj

domingo, 15 de maio de 2011

Indo pra balada

Ontem a Laurinha foi arrasar na festinha de aniversário da priminha. Foi uma alegria só... ela tava bem animadinha.
Sabe aquela história que sempre falam sobre mães arrumarem primeiro os filhos e depois acabarem vendo os pequenos numa bagunça só, com roupa pra um lado e cabelo desmanchado pra outro... enfim. Peeeeense na guerra que foi manter a Laurinha comportada antes de ir pra festa??!! Não tive nem vontade de me arrumar, mal consegui prender o cabelo ainda molhado e vamo que vamo... senão ninguém saia de casa. Mas foi super gostoso ver ela toda danada e fazendo muuuuuuuuuita bagunça. Tentei tirar umas fotos antes de sair, algumas em que não cortei a cabeça estão aqui...

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Mastigação

Uma coisa bem simples que parece que já nascemos sabendo a Laurinha só aprendeu de fato nos últimos dias. Na verdade ela ainda tá treinando muito, mas um dia chega lá.... e vai me alegrar comendo aquele pedação de carne com arroz e feijão.

Devido a tantos problemas (convulsões, internação, UTI, sonda) ela meio que desaprendeu o processo de mastigação, que na verdade nunca foi muito efetivo, já que ela não gostava mesmo de comer de colher, mas era uma coisa que a gente nunca havia deixado de lado e sempre estimulava. Já havíamos percebido as dificuldades bem antes das primeiras convulsões, ela mal conseguia engolir a papinha.

Acho que isso tudo é meio que consequência da paralisia cerebral.

Uma coisa importante foi que nos últimos dias, conversando com a fono que tá trabalhando com ela, pude ter a certeza de que minha filha não tem disfagia e vai ser só uma questão de tempo pra ela aprender a mastigar, como já tem feito.

No final de semana das mães, meu presente foi ver a Laurinha mastigando pedacinhos de arroz e chupando um pedaço de carne.
A gente sempre colocava o alimento na boquinha dela, mas não sabia direito como estimular e agora que já temos orientação fica muuuuuuuito mais fácil ajudar a piolhinha.

E querem saber a melhor parte? A estimulação é feita com um delicioso pedaço de chocolate... assim até eu desaprendo a mastigar pra aprender tudo de novo rsrsrsrs. Moleza hein Laurinha!!!

Bjs

domingo, 8 de maio de 2011

Um amor pra recordar...


Dia 05 de abril de 2009. Uma ariana cheia de manhas e vontades vinha ao mundo pra me antecipar aquele domingo de Maio... o meu primeiro dia das Mães.

Não ganhei presentes, nem beijos, nem abraços, nem mensagens num papelzinho rabiscado e nem as minhas tão sonhadas mãozinhas pintadas com tinta num papel branco... mas ganhei um silêncio majestoso de um sono tranquilo e um respirar inocente.

Ganhei a magia do momento ao admirar um verdadeiro anjo... Porque sim, ela é o meu anjo. E acho até que ela é quem me protege ao invés de eu protegê-la. É incrível como ela tem o poder de me alegrar quando estou triste e é impressionante como ela enxuga minhas lágrimas quando estou chorando.

O poder que ela tem sobre mim é tão grande que não sei explicar, ela me domina e eu me permito ser dominada, mas não falo de birras ou de dengos... é o puro poder de amar com inocência.
 
O meu sorriso basta pra abrir o dela e o dela, claro... desembesta o meu!
Meu olhar arranca um aconchego dela e o dela?... me arranca a alma.

A maior delícia é quando ela parece sentir que eu quero um beijo e mesmo sem saber como dar, ela vem toda graciosa e encosta o nariz no meu. Não existe beijo mais gostoso...

E numa brincadeira travessa, ela engatinha toda agitada e se joga por cima de mim, transbordando meu coração de felicidade.

Uma vez já senti a dor de não tê-la ao meu lado, longos dias que pareciam não ter fim... Mas como ela é meu anjo, não me deixaria sozinha por muito tempo... aquele sorriso ainda desajeitado, foi a maior de todas as minhas alegrias até hoje já vividas. É a imagem que nunca vou esquecer... afinal, ali eu a vi nascer outra vez!

Nesses três dias das mães que já passamos juntas, meu presente vem a mim todos os dias... respira ao meu lado e me protege com suas mãozinhas de fada e não tem preço nenhum.

Quem sabe um dia... lá pelas tantas alturas da vida, a gente venha se desentender. É um futuro incerto!! Mas hoje... ahh, hoje eu só quero é recordar...

Recordar os anos que só sei te amar...









sábado, 7 de maio de 2011

Post especial

Mês passado fui convidada pela Bianca, do blog Test Drive Mami, para relatar a minha história com a maternidade, é tipo um especial para o dia das mães, aproveitando todo o mês de Maio com uma história bem legal de alguma mamãe desse país.
Ela me informou que meu relato vai ser postado dia 09 de Maio lá no blog dela. Quem estiver interessado (apesar de muitos já me conhecerem) passem lá e conheçam o espaço dela. O endereço é 



Valeu!!
Bjokas

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Meu dia de Princesa... ou não!!!

Ontem foi triste... eu fui ao salão dar uma caprichada no visual após receber “um dia de princesa” de presente do homem.

Aff foi triste viu!!... fui olhada de cima a baixo, eu com a minha cara de lisa num salão chique. Todas as mulheres fazendo mechas e ficando loiríssimas, saltos altíssimos e muitos comentários sobre a novela... só tinha loira lá, todas sem exceção, era uma verdadeira convenção de loiras e fúteis demais (as minhas amigas loiras que me desculpem, mas vcs eu conheço e sei que não são, pelo menos eu espero que não sejam). A única morena era eu e o segurança que também tinha cara de liso.

Ai toda tímida eu fiz a unha e pedi pra pintar com uma cor clarinha, um marronzinho bem básico e nada chamativo. Todas as mulheres loiras estavam (sem exceção) com a unha vermelho sangue violento tirado com conta gota pra não perder a cor rsrsrsrsrsrs. Então eu fui lavar o cabelo e cortar, a mulher cortou com uma navalha que cauteriza a ponta toda chique e eu pedindo pra ela cortar reto. Ela disse que repicado ficava mais moderno e jovem, que tirava o peso do cabelo e tudo mais, mas não perdia o volume e tal... ai então eu disse “Ah, então repica”. Me arrependi!!! Podia ter ficado no meu corte reto e básico, simples e tradicional, tava acostumada já, mas enfim... Todas as mulheres loiras de esmalte vermelho estavam com corte repicado. Mas agora a morena tbm estava, neste momento me senti praticamente incluída rsrsrs

Ai então eu fui hidratar a cabeleira que agora estava menor e repicada, mechas a mechas com uma ampola mágica que prometia hidratação instantânea e blindagem do fio... “nós vendemos aqui, custa só 10,00”, como assim? Eu fui na promoção, não tenho dinheiro pra gastar, mesmo que seja 10,00 . Será que tava assim tão na cara que eu sou lisa???????

Ai depois de hidratar fiquei meia hora esperando pra lavar o cabelo outra vez e então pronto, acabou... o que? Não tem escova? Tem sim, mediante o pagamento de 60,00. Aff... voltei pra casa de cabelo molhado, repicado e com a unha marrom.

Esqueci a última parte... penei 20 minutos na mão de uma cidadã que se dizia “A Rainha da sobrancelha”. TOTALMENTE sem comentários... a mulher aprendeu práticas de tortura com o Prof Bin Laden só pode. Foram intermináveis 20 minutos... que eu pretendo apagar da minha memória pra não sofrer mais!!!

Me pergunta se quando eu tiver dinheiro volto lá??? NEVERRRRRRR (mas se tiver outra promo )
O corte 50,00 (repicado ou não)
A hidratação 90,00 (com ampola ou sem ampola mágica)
A unha 30,00 (só a mão) com esmalte vermelho da sua escolha
A sobrancelha? 15,00 (pagar por uma sessão de tortura???)
E eu fiz tudo por 29,90
Enfim... como diz o ditado, de graça até injeção na testa!!!!.